Concordância com os impessoais “haver e “fazer”
 
No sentido de “existir” e “ocorrer”, os verbos “haver” e “fazer” são impessoais (não flexionados quando indicam tempo passado ou fenômeno meteorológico).

Equivocado:■ Houveram fatos inusitados na reunião.
■ Houveram muitas chuvas no mês de novembro.
■ Haviam muitas pessoas na palestra.
■ Fazem quatro meses que trabalho aqui.
■ Fazem anos que não a vejo.
Correto:■ Houve fatos inusitados na reunião.
■ Houve muitas chuvas no mês de novembro.
■ Havia muitas pessoas na palestra.
■ Faz quatro meses que trabalho aqui.
■ Faz anos que não a vejo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais de "Dicas de Gramática"
Saiba quando deve empregar alguns verbos no infinitivo ou quando deve flexioná-los.
Você tem dúvida quanto ao emprego dos porquês? Veja estas dicas rápidas.
Abrogildo pediu ao professor que ou para que falasse mais devagar?
90% da população quer ou querem melhores condições de vida?
Veja alguns exemplos e esclareça suas dúvidas.
Atente para alguns casos comuns do emprego ou não do acento grave.
Garanta sua vaga!

Insira abaixo suas informaçães para efetuar o pré-cadastro neste curso.

 
Desafio Linguístico
Newsletter
Cadastre-se e receba novidades em seu e-mail.
82 8816.3133 | 82 9912.0630
made in zeropixel