Questões comentadas – concurso Uncisal

Comentário da prova de Português de nível superior do Concurso da Uncisal 2015

Olá, nobres concursistas que participaram das últimas provas do concurso da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (UNCISAL) para os cargos de nível superior! De modo especial, saudamos todos os que estiveram conosco em nossas turmas preparatórias para esse certame, em nossa Casa da Língua Portuguesa ou, ainda, os que participaram da nossa Super-Revisão de véspera no hotel Maceió Atlantic.

Não é comum termos uma prova, até certo ponto, tão fácil assim em uma seleção pública com o nível de concorrência que apresentou esse concurso. Por outro lado, mesmo trazendo questões curtas e muito objetivas, a prova pode levar alguns candidatos menos prevenidos a cometerem erros cruciais.

Analisando a prova de tipo 1 para o cargo de ENFERMEIRO (códigos 8, 9 e 10: veja aqui a PROVA), percebemos os seguintes pontos:

Já na questão 01, há uma problemática envolvendo o emprego das aspas duplas. A resposta é mesmo a letra E), já que um sentido diferenciado é acrescido às palavras “anorexia” e “emocional” quando se juntam em um só composto semântico. No entanto, muita gente pode ter confundido essa nova expressão com um neologismo (quando se cria uma nova palavra, o que não foi o caso: as duas já existiam), assim como também não constitui um empréstimo linguístico – quando uma palavra de determinado idioma é tomada por empréstimo por outro idioma e acaba se incorporando a ele, como ocorreu com o inglês football, que se fixou em português como futebol.

Na questão 02, a classificação da primeira oração (ou única fora dos parênteses) não é difícil, dada a presença de pronome relativo “que”, antecedido por vírgula. Portanto, a resposta é letra C) subordinada adjetiva explicativa. No entanto, para que houvesse mais clareza na pergunta, entendemos que a banca deveria informar que desconsiderava as outras orações entre parênteses, ou mesmo não as deveria sublinhar. Assim, esta é uma questão passível de recurso.

Na questão 03, como bem destacamos em nossas aulas, inclusive na Super-Revisão de Véspera, o demonstrativo “estas” é catafórico, ou seja, faz referência direta a elementos posteriores, como afirma a alternativa D).

Na questão 04, não restam dúvidas sobre a predominância dos tempos pretérito perfeito e pretérito imperfeito do modo indicativo, como afirma a alternativa A).

Na questão 05, dada a completa impossibilidade das outras alternativas, não foi difícil marcar letra E) ambiguidade como resposta. Vejamos algumas possibilidades de duplicidade nos sentidos: em I, poderíamos ir para o banco (sacar dinheiro) ou para o banco de reservas de um time de futebol, por exemplo; em II, falar sobre chocolate, ou falar usando uma roupa da cor de chocolate (o que parece uma possibilidade muito longínqua); em III, todos os alunos juntos comeram seis sanduíches, ou cada um deles comeu seis sanduíches?; já na possibilidade IV, homens e mulheres são competentes ou só as mulheres o são?

Na questão 06, como também destacamos na véspera do concurso, houve a presença de charge da Mafalda como simples pretexto para uma questão sintática, muito comum em provas da Copeve. O termo “assim” equivale a uma série de possíveis “defeitos” do mundo: problemático, inerte, subdesenvolvido etc. Além disso, sucede um verbo de ligação, assumindo, de tal sorte, o valor sintático de predicativo do sujeito (termo que destacamos na questão 15 da nossa aula de véspera).  Não se trata de adjunto adverbial, como defendem alguns, já que o valor circunstancial (de modo) é bastante secundário no contexto.

Na questão 07, temos relação causal em I e IV. Em II, a relação é condicional; já no item III, existe um raciocínio copulativo. Assim a resposta é letra B).

Na questão 08, única com um pouco mais de exigência interpretativa, a resposta é, realmente, letra E), que deixa claras as duas posições expostas no texto.

Na questão 09, embora em alguns momentos exista a presença de prosopopeias (ou personificações), o predomínio é mesmo da paronomásia, ou seja uso de palavras com sons parecidos empregadas com certa proximidade, como vimos no sétimo caso da nossa Super-Revisão de véspera, ao destacarmos as principais figuras de linguagem.

Na questão 10, como também fizemos duas vezes em nossa Super-Revisão de véspera, a prova trouxe um texto musical e explorou os gêneros textuais presentes. Sem dúvida, podem ser observados o gênero literário poético e o gênero textual carta (título da própria música de Erasmo Carlos, omitido propositalmente). Resposta, letra A).

Esperamos que tenham respondido com maestria a todas as questões!

Um abraço!

4 thoughts on “Questões comentadas – concurso Uncisal

  1. Custódio Bernardes disse:

    pede-se seu comentário a uma manchete publicada por um Jornal Regional do Nordeste que expressava em determinado contexto “…dos cinco afogados, dois sobreviveram”

    • edusampaio disse:

      Oi, Custódio! O fato de alguém se afogar não implica necessariamente a sua morte. Daí, ainda que pareça contraditória, a manchete está correta.

  2. Djalma Lopes disse:

    Pergunto ao Prof Eduardo Sampaio a análise sintática da questão: Observando a organização sintática dos elementos na sentença e as interpretações semânticas, essas frases geram que fenômeno
    semântico?
    Não ficou esclarecido a análise sintática para se chegar a AMBIGUIDADE, ficou?

    • edusampaio disse:

      Oi, Djalma! Quando a banca fala em “organização sintática” não está tratando de análise sintática, mas apenas da colocação dos termos na sentença, isto é, pede que o candidato atente para o todo de cada frase.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais de "Textos"
Sua internet é mesmo rápida? faça o teste e comprove.
Orientações oficiais com base na LC 95/98.
Veja se você acrescentaria alguma.
Garanta sua vaga!

Insira abaixo suas informaçães para efetuar o pré-cadastro neste curso.

 
Desafio Linguístico
Newsletter
Cadastre-se e receba novidades em seu e-mail.
82 8816.3133 | 82 9912.0630
made in zeropixel