Raul Barros

Tema: Os sistemas de espionagem e o princípio da soberania das nações: um combate cibernético em pleno século XXI.

O advento de mídias e redes de comunicação em massa acelerou sobremaneira os processos de aprendizado, tornando a informação ainda mais acessível.  Nesta última década, a informática parece ter permeado a sociedade de uma maneira irreversível, o que justifica elevados investimentos, por parte de potências econômicas – como os EUA –, em tecnologias de segurança da informação. No entanto, essa atitude preventiva gera, às vezes, efeitos colaterais bastante questionáveis.

Tal problemática já ganhara elevada importância nos idos da segunda grande guerra mundial, quando a interceptação e a decodificação de informações trocadas pelo inimigo eram fatores decisivos para derrotá-lo, na medida em que suas ações podiam ser antecipadas. Em pleno século XXI, ganham demasiada importância conceitos como o de criptografia e assinatura digital, bem como programas capazes de assegurar a confidencialidade e a acessibilidade de arquivos digitais.

Não há como negar que a espionagem cibernética fere um dos princípios mais importantes do direito internacional: a soberania das nações. Não obstante, essa prática tem sido bastante utilizada. Em 2013, o ex-agente da “Central Intelligence Agency” (CIA), Edward Snowden, trouxe à tona informações sobre um sistema de espionagem global, praticado pelo governo norte-americano, o que colocou em dúvida a efetividade de “firewalls” de vários países.

Em meio a sociedades tão dependentes de novas tecnologias voltadas à informação, diversos países, entre eles o Brasil, parecem ter tomado conhecimento dessa guerra cibernética recentemente. Assim, torna-se evidente a necessidade de desenvolvimento de sistemas que garantam a segurança de dados essenciais ao desenvolvimento e à segurança nacionais. Mais do que se preocupar com o ataque inimigo, urge que as nações invistam em redes mais seguras e confiáveis.

__________________________________________________________________________

Raul Barros – Projeto Redação Nota Máxima  (Turma 9/2014 – Maceió)

One thought on “Raul Barros

  1. Juliana Naiara disse:

    Texto excelente.Parabéns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais de "Textos de Alunos"
O valor da humildade
Os sistemas de espionagem e o princípio de soberania das nações: um conflito cibernético em pleno século XXI.
A vida alheia e as urgências sociais.
Lixo: questão de cidadania e responsabilidade social.
Causas e efeitos do trabalho informal (Tema TRT-SC - técnico judiciário)
Quem julga sem equilibrar lucidez e sensibilidade não alcança a justiça.
Garanta sua vaga!

Insira abaixo suas informaçães para efetuar o pré-cadastro neste curso.

 
Desafio Linguístico
Newsletter
Cadastre-se e receba novidades em seu e-mail.
82 8816.3133 | 82 9912.0630
made in zeropixel