DL 070 – Análise do sujeito

Os itens a seguir trazem trechos do épico Os Lusíadas, de Luiz Vaz de Camões, um dos maiores poetas da Língua Portuguesa. Identifique a alternativa que analisa INCORRETAMENTE a relação sujeito-verbo.

(A)  “As armas e os barões assinalados / que, da ocidental praia lusitana, / por mares nunca de antes navegados / passaram ainda além da Taprobana”. O sujeito do verbo “passar” está no verso “As armas e os barões assinalados”.

(B) “Cessem do sábio grego e do troiano / as navegações grandes que fizeram; / cale-se de Alexandro e de Trajano / a fama das vitórias que tiveram.” O sujeito do verbo “calar” é indeterminado.

(C) “Da branca escuma os mares se mostravam / cobertos onde as proas vão cortando / as marítimas águas consagradas / que do gado de Proteu são cortadas.” Aqui, o sintagma “as marítimas águas consagradas” constitui o sujeito paciente de uma locução verbal em voz passiva.

(D) “O padre Baco ali não consentia / no Júpiter disse, conhecendo / que esquecerão seus feitos no Oriente, / se lá passar a lusitana gente. O sujeito do verbo “passar” está em posição posposta.

(E) “Porém disto que o mouro aqui notou / e de tudo o que viu, com olho atento, um ódio certo na alma lhe ficou, / uma vontade má de pensamento.” O sujeito do verbo “ficar” é, também, “uma vontade má de pensamento”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Garanta sua vaga!

Insira abaixo suas informaçães para efetuar o pré-cadastro neste curso.

 
Desafio Linguístico
Newsletter
Cadastre-se e receba novidades em seu e-mail.
82 8816.3133 | 82 9912.0630
made in zeropixel