O pronome relativo CUJO(A)

Não caia na armadilha dos concursos, no tocante ao emprego do pronome relativo “CUJO(A)“! É comum as provas colocarem, depois desse pronome, os artigos “o” ou “a“, em formações como

* Este é o documento cujo o conteúdo todos já conhecem.

* O bolo cuja a cobertura ele perfurou é delicioso!

Nesses casos, há graves problemas, já que não existe a possibilidade de tais artigos se colocarem depois dos pronomes. Depois de “CUJO(A)”, geralmente temos substantivos. Veja:

* Este é o documento cujo conteúdo todos já conhecem.

* O bolo cuja cobertura ele perfurou é delicioso!

Assim, um primeiro passo para não errar em questões que envolvam esse pronome é observar se, depois dele, há um artigo. Havendo o artigo, você já poderá partir para a  análise do próximo item!

Boa sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais de "Dicas de Gramática"
Saiba quando deve empregar alguns verbos no infinitivo ou quando deve flexioná-los.
Você tem dúvida quanto ao emprego dos porquês? Veja estas dicas rápidas.
Abrogildo pediu ao professor que ou para que falasse mais devagar?
90% da população quer ou querem melhores condições de vida?
Veja alguns exemplos e esclareça suas dúvidas.
Atente para alguns casos comuns do emprego ou não do acento grave.
Garanta sua vaga!

Insira abaixo suas informaçães para efetuar o pré-cadastro neste curso.

 
Desafio Linguístico
Newsletter
Cadastre-se e receba novidades em seu e-mail.
82 8816.3133 | 82 9912.0630
made in zeropixel